https://www.facebook.com/tr?id=3292226147504359&ev=PageView&noscript=1
<span class="translation_missing" title="translation missing: pt-pt.layouts.header.logo_alt">Logo Alt</span>
Reclamação vôo?....Considere-o feito!

Reclamação Transavia

Receba até 600 euros por passageiro

Calcule em apenas 2 minutos

Gestão gratuita de reclamações

2294 review 4.99
Img 1DelayFlight24 está em conformidade com o Regulamento Comissão Européia CE 261/2004
Img 2Img 3
Reclamação Transavia

Reclamação Transavia


Como apresentar uma reclamação Transavia: guia completa

 

Embora ela tente oferecer serviços de qualidade, podemos encontrar-nos na situação de solicitar um reembolso Transavia.

Milhares de pessoas utilizam seus serviços diariamente para viagens de negócios ou de lazer.

Portanto, ocorrer casos de cancelamento, atraso de vôos ou overbooking.

Se você teve uma dessas experiências, você está no lugar certo, DelayFlight24 pode cuidar de sua reclamação Transavia e ajudá-lo a obter uma compensação.

Descubra nesta guia seus direitos para obter um reembolso Transavia.

 

Índice:

  1. Reclamação Transavia: lo que diz a lei européia CE 261/2004
  2. Reclamação atraso Transavia
  3. Vôo cancelado Transavia
  4. Overbooking Transavia: reembolso ou compensação?
  5. A que valor corresponde a indenização Transavia?
  6. Conselhos úteis em caso de problemas com um vôo Transavia
  7. Direito à assistência no aeroporto
  8. Existe um limite de tempo para apresentar uma reclamação Transavia?
  9. Reclamação Transavia por sua conta
  10. Enviar uma reclamação Transavia com a ajuda de DelayFlight24
  11. Transavia reclamações: últimos vôos com incidentes

 

1. Reclamação Transavia: lo que diz a lei européia CE 261/2004

De acordo com o Regulamento EC 261/2004 que protege os direitos dos passageiros, é possível apresentar uma reclamação Transavia.

O horário dos voos nem sempre é respeitado, na verdade pode acontecer que, devido à responsabilidade da mesma companhia aérea ou por razões externas, alguns voos sejam cancelados, atrasados ou alguns passageiros não tenham a oportunidade de embarcar.

Por este motivo, em 11 de fevereiro de 2004, o Parlamento Europeu e o Conselho disponibilizaram este regulamento, chamado Regulamento CE 261/2004, para definir as diretrizes de acordo com as quais os passageiros têm direito à compensação financeira.

A primeira distinção a ser feita em caso de incidentes é determinar a responsabilidade pelo atraso ou cancelamento.

Se a companhia aérea for responsável por razões "técnicas e operacionais", o regulamento permite reclamar uma indenização Transavia.

Se, por outro lado, a responsabilidade deriva de fatores externos tais como mau tempo, greves, impactos de aves ou restrições aeroportuárias, a empresa não é responsável e, portanto, não será possível reclamar uma compensação Transavia.

Caso possa ser feita uma reclamação Transavia, o valor total pago a cada passageiro não depende do custo do bilhete, mas da rota.

Dependendo da distância entre o aeroporto de partida e o aeroporto de chegada, o valor pode variar de 250 euros até um máximo de 600 euros.

O regulamento se aplica nos seguintes casos:

  • Aeroporto de partida da UE e aeroporto de chegada da UE
  • Aeroporto de partida da UE e aeroporto de chegada extracomunitário
  • Aeroporto de partida fora da UE e aeroporto de chegada na UE operado por uma companhia aérea da UE

Voltar encima

 

2. Reclamação atraso Transavia

Caso o vôo tenha sofrido atraso, o Regulamento EC 261/2004 estabelece as disposições para poder enviar uma reclamação atraso Transavia.

A primeira coisa a fazer é verificar a natureza do atraso, se ele ocorrer por "razões técnicas", significa que a aeronave utilizada pela companhia aérea para operar esse vôo não está apta para voar.

Estes aviões são testadas durante seu ciclo de vida, Transavia opera uma infinidade de vôos diários, e isto significa que sai do aeroporto pela manhã e nem sempre retorna à base, pois é utilizada para múltiplas escalas.

Por esta razão, sua mecânica está sob pressão durante a maior parte de seu ciclo de vida.

Apesar das verificações serem realizadas periodicamente para garantir que está funcionando perfeitamente, muitas vezes nos encontramos em uma situação de atraso Transavia.

Obviamente, si durante as operações preliminares do vôo, o pessoal avalia que uma "parte" da aeronave não está apta para viajar, são iniciados todos os procedimentos de reparação, o que leva minutos e às vezes horas.

A segunda razão pela qual pode ser feita uma reclamação Transavia é por "razões operacionais".

Aqui novamente, a culpa é da empresa, pois ela não tomou todas as medidas necessárias para garantir que a hora programada de partida não seja adiada.

É necessário saber que programar operações de vôo não é uma tarefa fácil, as viagens de um lugar para outro estão interligadas para permitir que a empresa faça o maior número possível de vôos durante o dia.

Como podemos imaginar, basta que uma das peças do quebra-cabeça não se encaixe para que o que foi planejado seja modificado.

Nesses dois casos, portanto, existem as razões para proceder com uma reclamação Transavia.

Entretanto, é bom saber que, para obter um reembolso Transavia, o atraso deve ser superior a 3 horas após a chegada.

Nos casos em que o atraso é inferior a 3 horas ou a responsabilidade não recai diretamente sobre a empresa, como no caso de mau tempo ou restrição de vôo, não será possível fazer uma reclamação Transavia.

Voltar encima

 

 

3. Vôo cancelado Transavia

A primeira verificação a ser realizada é identificar o motivo pelo qual foi cancelado o vôo para que possa ser feita uma reclamação Transavia.

A responsabilidade é sempre da empresa:

  • razões técnicas
  • razões operacionais

Portanto, será possível abrir uma rreclamação Transavia para solicitar a indenização prevista nos termos do Regulamento CE 261/2004, pois não demonstrou ter tomado todas essas precauções para evitar o cancelamento do vôo.

Por outro lado, pode haver eventos atmosféricos hostis ao vôo, fortes rajadas de vento ou chuva persistente, bancos espessos de neblina ou gelo na pista, motivos que levam a um vôo cancelado Transavia para não colocar em risco a segurança de seus passageiros.

Outra circunstância excepcional que pode ocorrer é o impacto com as aves.

Na fase de decolagem ou aterragem, acontece que inúmeras aves colidem com o avião, absorvidas por suas grandes turbinas, o que pode causar problemas de motor que impossibilitam a viagem.

Mesmo em caso de greve, se for convocada pelo pessoal do aeroporto, é considerada uma circunstância excepcional e portanto fora das responsabilidades da empresa, nada se poderá reclamar Transavia.

A notificação de cancelamento é um aspecto importante para fazer uma reclamação Transavia.

A lei estabelece que isso deve ser feito com pelo menos 14 dias de antecedência.

Se o cancelamento tiver sido notificado com mais antecedência, mesmo que seja devido à responsabilidade da companhia aérea, a reclamação não será válida.

Uma vez tenha sido apresentada a reclamação Transavia e a responsabilidade seja reconhecida, será emitido um reembolso.

Diante um cancelamento, independentemente do procedimento de compensação, deve ser garantida uma alternativa de viagem ou um reembolso passagem Transavia.

Voltar encima

 

4. Overbooking Transavia: reembolso ou compensação?

Em caso de Overbooking, você tem direito a uma compensação financeira além do reembolso vôo Transavia pelo valor pago ou recolocação para o próximo vôo.

De fato, no caso de overbooking, não é difícil reconhecer a responsabilidade da empresa, pois é ela a que nega o embarque a determinados passageiros.

Há duas razões principais para fazer overbooking e negar o embarque de passageiros:

  • Overbooking Transavia obrigatório,
  • Overbooking Transavia voluntário.

No primeiro caso, a empresa vendeu um número excessivo de passagens em relação ao número de assentos disponíveis, no segundo caso o número de tripulantes não e suficiente em relação a quantidade de passageiros e, por esta razão, alguns deles não poderão embarcar.

Seja qual for o motivo, a companhia aérea é responsável e, portanto, será obrigada a aceitar uma reclamação overbooking Transavia.

Como podemos reconhecer um overbooking?

Em alguns casos Transavia não permite que você faça o download de seu cartão de embarque e o convida a adquiri-la no aeroporto no dia do seu vôo. Uma vez chegado ao balcão de check-in, você será informado sobre a impossibilidade de voar.

Alternativamente, a companhia aérea pode decidir fornecer um cartão de embarque a todos os passageiros, convidando alguns deles a deixar voluntariamente o vôo, fornecendo cupões para futuras reservas.

Uma vez negado o embarque e determinado que o passageiro tem direito a um reembolso Transavia deve assegurar um voo alternativo para chegar ao destino.

Voltar encima

 

 

5. A que valor corresponde a indenização Transavia?

O valor do reembolso Transavia não depende do preço do bilhete, mas da distância do vôo, do seguinte modo:

  • 250 € para vôos de até 1500 km
  • 400 € para vôos entre 1500 y 3500 km
  • 600 € para vôos acima 3500 km

ocê tem direito à uma indenização Transavia nos seguintes casos:

  • Vôo Transavia cancelado e notificado com menos de 14 dias de antecedência,
  • Atraso do vôo Transavia mais de 3 horas na chegada,
  • Overbooking Transavia.

Motivos válidos para apresentar uma reclamação Transavia:

  • problemas técnicos
  • problemas operacionais
  • greves convocadas pela companhia aérea

Circunstâncias excepcionais, excluindo a responsabilidade da Transavia:

  • situações tais como emergências médicas,
  • condições climáticas adversas,
  • restrições ao tráfego aéreo,
  • problemas com o equipamento tecnológico do aeroporto,
  • atos de sabotagem,
  • instabilidade política e atos terroristas.

Voltar encima

 

6. Conselhos úteis em caso de problemas com um vôo Transavia

Em caso de cancelamento, atraso ou overbooking, favor prestar muita atenção aos documentos e informações, pois eles são muito importantes durante o procedimento de solicitação de uma reclamação Transavia:

  • Tome nota perguntando ao pessoal de terra pelos motivos do atraso, anote a hora de chegada ao destino (lembre-se que a hora do desembarque não é considerada, mas a hora em que as portas são abertas para o desembarque), tire fotos das telas do aeroporto.
  • Não assine ou aceite ofertas que possam invalidar seus direitos: por exemplo, viagens futuras ou outras compensações oferecidas pela companhia aérea, pois isso poderia significar a desistência de qualquer reclamação Transavia.
  • Guarde faturas e recibos para quaisquer despesas adicionais relacionadas.

Voltar encima

 

 

7. Direito à assistência no aeroporto

O estatuto dos direitos dos passageiros exige que Transavia preste assistência aos passageiros se forem obrigados a esperar muito tempo no aeroporto por qualquer motivo, seja por cancelamento, overbooking ou atraso.

Especificamente, o regulamento estabelece que para cada duas horas de espera, o passageiro deve receber um cupom que lhe permita comprar algo para comer além de duas ligações telefônicas.

Com relação ao tipo de assistência atualmente prestada pela Transavia deve-se observar que, considerando o valor do cupom oferecido e os custos a serem sustentados no aeroporto para uma refeição, o valor não é suficiente.

Entretanto, é bom saber que estes serviços devem ser oferecidos e repetidos a cada duas horas, desde que o desempenho desta operação não cause mais atrasos uma vez que as operações de embarque estejam prestes a acontecer.

Se a espera no aeroporto for inútil porque o vôo é adiado para o dia seguinte, devem ser garantidos um quarto de hotel e transporte relativo.

Lembre-se que se sua chegada atrasar mais de 3 horas, você tem direito a um reembolso Transavia, mas se seu vôo atrasar 5 horas e ainda não tiver decolado, você pode decidir não embarcar no vôo sem abrir mão da possibilidade de apresentar uma rrreclamação Transavia.

No caso de um atraso entre 3 e 5 horas, o requisito fundamental para o envio de uma reclamação Transavia sserá ter realizado o vôo e, portanto, ter "sofrido" o atraso na chegada.

Voltar encima

 

8. Existe um limite de tempo para apresentar uma reclamação Transavia?

Ao apresentar um pedido de reembolso Transavia, você deve prestar atenção a um fato importante: você tem um limite de tempo.

Tudo depende da nacionalidade da companhia aérea, por exemplo, as companhias aéreas espanholas permitem que você apresente uma reclamação durante 5 anos após a ocorrência do problema, no caso das companhias aéreas inglesas 6 anos, as companhias belgas aplicam menos prazos (apenas 1 ano útil para apresentar a reclamação).

Leve em consideração que apresentar uma reclamação Transavia não significa que automaticamente recebemos uma indenização.

Pelo contrário, uma vez apresentada a reclamação Transavia tentará realizar todas as verificações e, se acreditarem que o cliente sofreu danos devido a sua negligência, eles os reembolsarão.

Voltar encima

 

 

9. Reclamação Transavia por sua conta

Embora as condições estabelecidas pelo regulamento europeu para receber a compensação possam ser satisfatórias, este reembolso não é automático.

Submeter uma reclamação Transavia significa entrar em contato com o serviço de atendimento ao cliente ou melhor, com o departamento de reclamações cuja função é tentar não compensar os passageiros.

Você terá poucas chances de sucesso e algumas desvantagens:

  • Requer muita energia,
  • Isso leva muito tempo,
  • Você não tem garantia de sucesso,
  • Enviar mitos e-mails,
  • Precisar de um advogado.

O que fazer então?

Você pode entregar sua reclamação Transavia a DelayFlight24.

Ao insertar os detalhes do seu vôo, podemos verificar se você tem direito a um reembolso.

Administraremos seu caso com a garantia de ter profissionais experientes trabalhando para você.

Em apenas dois minutos podemos verificar seus direitos e reclamá-los imediatamente contra a Transavia, com a qual estamos acostumados a negociar.

Voltar encima

 

10. Enviar uma reclamação Transavia com a ajuda de DelayFlight24

DelayFlight24 concentra-se na resolução de reclamações decorrentes de incidentes no transporte aéreo de passageiros.

Nossa missão é fornecer serviços jurídicos de qualidade para resolver conflitos entre nossos clientes e as companhias aéreas da maneira mais eficaz possível.

Ao inserir os detalhes de seu vôo, podemos verificar se você tem direito a um reembolso Transavia.

Administraremos sua prática informando-lhe sobre as diferentes etapas do progresso e, no final, lhe enviaremos o dinheiro.

Com a garantia de profissionais especializados, DelayFlight24 não lhe cobrará nenhum custo se não ganharmos seu caso.

A reclamação Transavia inclui:

  • cartão de embarque (código de confirmação de reserva),
  • carteira de identidade (carteira de motorista, etc.),
  • transferência de crédito assinada.

O prazo para o processamento de uma reclamação não é fácil de analisar, a exaustividade da documentação recebida, a velocidade da empresa aérea em responder e o prazo do ano são alguns dos fatores que afetam o prazo do caso.

Em nossa experiência, podemos dizer que o cliente recebe seu reembolso dentro de 60 a 90 dias após a abertura de sua reclamação em nosso site.

No entanto, você será informado regularmente sobre o progresso de sua prática.

Voltar encima

 

11. Transavia reclamações: últimos vôos com incidentes

DateFlight NumberTreat

Voltar encima

 

 

 

Mais informações sobre: atraso Transavia

Mais informações sobre: vôo cancelado Transavia

Mais informações sobre: overbooking Transavia

Perguntas mais freqüentes:

✈️ Em que casos tenho o direito de apresentar uma reclamação Transavia?

Você tem direito a uma compensação nestes casos:

  • O vôo atrasou mais de 3 horas na chegada,
  • O vôo cancelado foi comunicado menos de 14 dias antes da partida,
  • Em caso de overbooking e recusa de embarque.

Em 98% dos casos, conseguimos a compensação.

Descubra se você tem direito a compensação.

💰 Qual é o valor da compensação Transavia?

O valor da compensação depende da distancia do vôo:

  • 250 € para vôos de até 1.500 km;
  • 400 € para vôos entre 1.500 y 3.500 km;
  • 600 € para vôos de mais de 3.500 km.

Calcule sua compensação agora, com apenas um clique!

⏰ Quando é possível apresentar uma reclamação Transavia?

Dependendo da localização da companhia aérea, você pode fazer uma reclamação por incidentes que tiveram ocorrido em vôos de até 6 anos atrás:

  • Reino Unido e Irlanda: 6 anos;
  • França e Espanha: 5 anos;
  • Dinamarca e Alemanha: 3 anos;
  • Itália: 2 anos.

Verifique a compensação a que você tem direito.

Não duvide em consultar o mecanismo de busca DelayFlight24 para saber qual é o valor da compensação a que você tem direito.

🔎 Quais são as razões para apresentar uma reclamação Transavia?

Você pode reclamar quando a causa do problema está relacionada a problemas operacionais e técnicos.

Em caso de overbooking, você tem sempre direito a uma compensação.

Você pode apresentar sua reclamação em 2 minutos.

✏️ Como posso apresentar uma reclamação Transavia?

Preencha o formulário em nosso mecanismo de busca, gratuitamente.

Em poucos minutos enviaremos a reclamação à companhia aérea e o manteremos atualizado até que a indenização seja recebida.

Saiba mais sobre como solicitar um reembolso.

💸 Quanto tempo leva para obter um reembolso Transavia?

O tempo médio para obter a compensação é de aproximadamente 90 dias

O envio da reclamação é totalmente gratuito.

Envie sua reclamação agora.